Vagando em versos

domingo, 4 de abril de 2010

Olhos de ver


Foram se conhecendo um ao outro, cada dia uma nova descoberta. 
E não apenas conversaram. 
Juntos, ele correndo pelo chão de verde grama, 
ela voando pelo azul do céu, 
vagabundearam por todo o parque, 
encontraram recantos deliciosos, 
descobriram novas nuances de cor nas flores, 
variações na doçura da brisa,
e uma alegria que talvez 
estivesse mais dentro deles que mesmo nas coisas em redor. 
Ou bem a alegria estava presente em todas as coisas e eles não a viam antes. 
Porque _ eu vos digo _
temos olhos de ver e olhos de não ver, 
depende do estado do coração de cada um.

Nenhum comentário:

LinkWithin


Related Posts with Thumbnails