Vagando em versos

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Num perfume de rosas brancas



Num perfume de rosas brancas
Ela esta ausente e sonha;
e a sombra é bela como se nela se mirasse um anjo...
A sombra desce, o bosque adormece; 
entre as folhas e os ramos
sobre o céu azul abre-se um céu dourado;
Uma voz que antes cantava murmura agora...
Um murmúrio exala-se em suspiro e extingue-se.
No silêncio,tombam pétalas...

Nenhum comentário: