Vagando em versos

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Dentro de nós


Espaço curvo e finito





Oculta consciência de não ser,
Ou de ser num estar que me transcende,
Numa rede de presenças
E ausências,
Numa fuga para o ponto de partida:
Um perto que é tão longe,
Um longe aqui. 
Uma ânsia de estar e de temer
A semente que de ser se surpreende,
As pedras que repetem as cadências
Da onda sempre nova e repetida
Que neste espaço curvo vem de ti.

Estrela do mar


[Não] devo confessar...

domingo, 25 de junho de 2017

O gato


O homem gostaria de ser peixe ou pássaro, a serpente gostaria de ter asas, o cão é um leão confuso (...) mas o gato quer ser somente gato, e todo gato é um puro gato desde o bigode ao rabo.

Não quero ser


Quero apenas cinco coisas... 
Primeiro é o amor sem fim 
A segunda é ver o outono 
A terceira é o grave inverno 
Em quarto lugar o verão 
A quinta coisa são teus olhos 
Não quero dormir sem teus olhos. 
Não quero ser... sem que me olhes. 
Abro mão da primavera para que continues me olhando.

Telegrama


segunda-feira, 19 de junho de 2017

sábado, 17 de junho de 2017

quinta-feira, 15 de junho de 2017