Vagando em versos

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Felicidade


Um comentário:

O Profeta disse...

É tão pequeno o mundo da verdade
Cabe numa mão aberta à sinceridade
É planta escondida em mato de daninhas ervas
É elixir da vida em gaiola de saudade

Tão simples brotam hoje minhas palavras
Será porque me desnudei das metáforas
Ou apenas respirei um canto feliz
De um pássaro de penas orvalhadas

Tão simples devia ser perguntar
Porque chora um coração e os olhos não
Porque uma gaivota voa por sobre o mar
Porque é imenso o universo do sonhar
Boa semana

Doce beijo

LinkWithin


Related Posts with Thumbnails