Vagando em versos

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Tempo de Silêncio


_ Este é um tempo de silêncio.
Tocam-te apenas.
E no gesto te empobrecem de afeto.
No gesto te consomem.
Tocaram-te, nas tarde, assim como tocaste,
adolescente, a superfície parada de umas águas?
Tens ainda nas mãos a pequena raiz,
A fibra delicada que a si se construía em solidão?_

2 comentários:

Nine Stecanella disse...

Nada como o silêncio pra colocar as coisas no lugar!

Paula Argollo disse...

Como te falei, Nine, o silêncio nem sempre coloca as coisas no lugar... e pode simplesmente sufocar ...